A Cidade dos Anjos

Hoje (11/05/15) acordamos cedo e levamos o Godzilla novamente a uma oficina pois notamos um vazamento de fluído da direção hidráulica (não sabemos se esse vazamento tem relação com o problema que tivemos com a ventoinha o alternador há alguns dias em Phoenix). Para alguns aficcionados em Land Rovers, um Defender nunca vaza, apenas marca território, mas se continuássemos desse jeito poderíamos deixar de escrever sobre as cidades que passamos, bastaria seguir a trilha de fluído da direção hidráulica (rs).

Encontramos uma oficina especializada em Land Rovers em Lake Forest, região metropolitana de Los Angeles a cerca 80 quilômetros do centro de Los Angeles e a 30 quilômetros do complexo da Disneyland, onde se localizava o nosso hotel. Uma coisa sobre L.A. que todo mundo aprende muito rápido é que é praticamente impossível se locomover sem carro. As distâncias são grandes e sem carro não dá para fazer quase nada.

Site_1560

Deixamos o Godzilla logo cedo na West Coast Rovers (http://wcr4x4.com) e tivemos uma impressão muito boa do atendimento, organização da oficina e informações técnicas. Como levaria algumas horas para realizar o conserto, aceitamos a sugestão do Andrew da WCR e alugamos um carro para dar uma volta.

Site_1566

Godzilla cover

Aproveitamos que estávamos motorizados (nem lembrava mais como era bom dirigir um carro automático) e passamos na Expedition Exchange (http://www.expeditionexchange.com) para pegar algumas peças que havíamos encomendado e de lá seguimos até Long Beach, onde está ancorado o navio de cruzeiro RMS Queen Mary.

Esse icônico navio foi construído em Clydebank – Escócia a pedido da Cunard Line (conhecida como Cunard-White Star Line), e fez sua viagem inicial em 27 de maio de 1936. No dia 31 de outubro de 1967 zarpou de Southampton com destino a Nova Iorque pela última vez e de lá seguiu para o porto de Long Beach, onde está até hoje.

Site_1568

Perto dos navios de cruzeiro atuais, o RMS Queen Mary parece ser pequeno, mas para a época em que foi construído era uma incrível obra de engenharia naval. Hoje o navio funciona como um museu, restaurante e hotel, sendo necessário comprar um ticket ou se hospedar para conhecer seu interior. A associação National Trust for Historic Preservation reconheceu o RMS Queen Mary como um dos hoteis históricos da América.

Site_1569

Saindo de Long Beach cruzamos a cidade até um destino muito famoso de Los Angeles, o Pier de Santa Mônica. O fato mais marcante em relação ao pier de Santa Mônica para nós, overlanders, é o marco final das 2.448 milhas (3.939 kms) da legendária Rota 66. É claro que nós registramos nossa passagem por lá.

Site_1565 Site_1562 Site_1559 Site_1563 Site_1564 Site_1567 Site_1561

De Santa Mônica retornamos à oficina para buscar nosso companheiro de viagem, antes que ele ficasse com ciúme do Kia Soul que alugamos da Hertz. Infelizmente L.A. é muito grande e precisaríamos de pelo menos uma semana por aqui para conhecer os seus principais pontos turísticos, mas como já fizemos os programas de turistas em nossa visita anterior, vamos seguir em frente.

 

2 comentários em “A Cidade dos Anjos

    • Oi Tia Tê,
      Realmente são lugares muito diferentes e bonitos. Estamos gostando bastante dessa experiência.
      Beijos,
      Dan e Liene

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: