Tierra del Fuego

Hoje (06/10/14) chegamos à nossa última parada antes do Ushuaia, a cidade de Rio Grande na província de Tierra del Fuego. Para chegar até aqui, de Rio Gallegos andamos cerca de 100km em uma estrada pavimentada (pela primeira vez vimos alguns buracos) até o Paso Integración Austral (horário de funcionamento das 8h30 às 22h), que é a fronteira entre a Argentina e o Chile. No caminho o tempo dava indícios que chegar ao fim do mundo não seria fácil e não deu outra, quando chegamos à fronteira com o Chile começou a chover e a temperatura desabou.

Site_0126 Site_0131

Os trâmites de saída da Argentina e entrada no Chile são bem organizados e levamos cerca de 25 minutos para passar pelas imigrações argentina e chilena; aduanas argentina e chilena; e vigilância sanitária chilena. Depois, com nossos passaportes devidamente carimbados, entramos na fila para a inspeção de fronteira. Os chilenos são bastante rigorosos em relação à entrada de frutas, verduras e carnes; então fiquei (Dan) mais 15 minutos debaixo de chuva com um pouco de gelo e muito frio, enquanto o agente de fronteira abria e fechava nossos compartimentos, fazendo diversas perguntas à Liene.

Passando a fronteira entramos na Ruta del Fin del Mundo debaixo de uma chuva que parecia o anúncio do fim do mundo (tá bom, estou exagerando). Seguimos cerca de 40km até a cidade de Punta Delgada, onde pegamos uma balsa (Primera Angostura Crossing) e atravessamos o Estreito de Magalhães (dos nossos livros de Geografia). A travessia leva cerca de 20 minutos e é muito tranquila. As balsas saem a cada 60 minutos e custam pouco mais de 25 USD.

Site_0127

Do outro lado do Estreito de Magalhães são mais 10km de asfalto e 120km de Rípio (cascalho) até chegar ao Paso Fronterizo San Sebastian, fronteira entre o Chile e a Argentina. Dessa vez o processo de saída do Chile e entrada na Argentina foi feito em duas etapas, a primeira para sair do Chile levou 15 minutos. Em seguida andamos mais 13km em uma estrada de terra/rípio muito ruim até chegar à imigração e aduana argentina. Mais 2 carimbos no passaporte, uma breve conversa com o agente de aduana argentino sobre o frio e fomos liberados para seguir viagem.

Site_0128 Site_0129 Site_0133

Ao chegarmos em Rio Grande tivemos uma bela surpresa. O tempo que até então estava fechado, chovendo e muito frio, simplesmente abriu e até esquentou um pouquinho. Deu até para ver a praia, mas quem tem coragem de entrar na água? Eu (Dan) só coloquei a mão, mas nem em sonho vou entrar nessa gelada (literalmente).

Site_0130

Amanhã finalmente chegaremos ao fim do mundo! Aguardem!

7 comentários em “Tierra del Fuego

  1. show de bola essa viagem de vocês.
    Curtam bastante aproveitem tudo é que Deus acompanhe e proteja vocês.
    GRANDE ABRAÇO

  2. Tudo certo por ai, Dan? Espero que cheguem bem em Ushuaia. Lá, vale a pena visitar o Parque Nacional Tierra del Fuego para conhecer o lugar onde os oceanos Atlântico e Pacífico se encontrar. Se tiverem tempo e vontade de passar frio e ver mais pinguins, podem fazer a “Pinguinera”, que é visitar uma ilha mais ao sul, onde ficam os pinguins de Magalhães e o farol. Depois, tome um vinho e coma um cordeiro patagonico no Bodegón Fueguino. João Francisco está aqui ao lado e também manda abraços.

    • Fala Marcel,
      Passamos obtem no Bodegón Fueguino. Tem algum lugar que vc não passou? Tenho que falar com o João sobre as suas saídas.
      Abs,
      Dan

  3. Não esqueçam de marcar no SPOT quando chegarem no fim do mundo!!…vo tirar um print e publicar!!!!!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: