Norio Sasaki

Site_2075 Site_2076

Nesses 10 meses de estrada conhecemos muita gente legal viajando de carro, caminhão, motorhome, bicicleta e carona, mas o encontro com o Norio Sasaki (https://www.facebook.com/sasaki.norio.7?fref=ts) foi especial. Não sabemos se foram as circunstâncias ou a sua história, mas ficamos muito sensibilizados com esse encontro.

O Norio é um salva-vidas de Okinawa, Japão, que está viajando sozinho e a pé do Alasca, EUA até a Argentina em uma jornada de 3 anos, puxando uma carrocinha com seus pertences pessoais, equipamentos e suprimentos. A carrocinha chega a pesar 100 quilos e mesmo assim ele é capaz de andar 50 quilômetros por dia, sempre com um sorriso no rosto.

Encontramos com o Norio na Dalton Highway, uma das mais remotas estradas de um Estado já não muito povoado (já dá para imaginar); vimos ele pela primeira vez a cerca de 200 quilômetros de Prudhoe Bay enquanto estávamos subindo, mas só paramos para falar com ele no dia seguinte, quando retornávamos, e ele só tinha avançado cerca de 70 quilômetros e ainda faltavam cerca de 130 até a próxima cidade Coldfoot.

A nossa conversa foi bem rápida, mas muito legal; e como ele ainda não tinha comido nada (já passava das 14h quando nos encontramos) deixamos dois sanduíches que fizemos antes de sair de Prudhoe Bay e um galão de água e desejamos boa sorte ao Norio.

Gambate Sasaki-san!

*     *     *

In the last 10 months we’ve met a lot of great people traveling by car, truck, RV, bicycle and hitchhiking, but the meeting with Norio Sasaki (https://www.facebook.com/sasaki.norio.7?fref=ts) was truly special. We don’t know if it was the circumstance or Norio’s history, but we were touched with this meeting.

Norio is a life guard in Okinawa, Japan, and he is traveling alone on foot from Alasca, EUA to Argentina in a 3 years journey pulling a small wagon with his personal belongings, equipment and supplies. The wagon weight roughly 100 kilos, nevertheless he is able to walk 50 kilometers a day always with a smile in his face.

We have met Norio at the Dalton Highway, one of the most isolated roads of the most wild state (you can imagine); we spotted Norio for the first time about 200 kilometers away from Prudhoe Bay when we were driving North, but we only stopped to talk to him in the next day when we were coming back, and he had walked only 70 kilometers with at least 130 kilometers missing to reach the next city Coldfoot.

We talked for a while (really nice) left some sandwiches (it was 2pm and he hadn’t ate yet), a gallon of water and wished the best luck for Norio.

Gambate Sasaki-san!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: