A Caminho de Cancún

Na sexta-feira (10/04/15) saímos de Chetumal e seguimos a estrada em direção a Cancún. Como de Chetumal até Cancun são quase 380 quilômetros, decidimos quebrar esse trecho em vários, mais curtos. Nossa primeira parada foi em Mahahual e não poderíamos ter tomado decisão melhor.

Site_1290 Site_1289 Site_1288

Ficamos hospedados em um camping a beira mar (literalmente pé na areia) em uma pequena vila a cerca de 20 quilômetros de Mahahual. Luz por aqui só com painéis solares, ou seja, quando a noite cai a energia acaba, mas havia wifi (curioso).

Site_1285 Site_1286 Site_1283 Site_1284

Como não havia mais ninguém, ficamos bem à vontade, cozinhamos, relaxamos e até conhecemos o José Luis de 6 anos, que entende tudo de carros 4×4. Sua família tem uma cabana muito simpática vizinha ao camping, mas eles vivem em Mérida, a cerca de 320 quilômetros de Cancun. A Rebeca (mãe do José Luis) nos ofereceu uma deliciosa salada feita com maionese, cebola e pedaços de garoupa desfiada e a noite passamos mais algumas horas com eles jogando conversa fora.

Site_1287

Também fomos convidados para jantar na casa deles se passarmos por Mérida, e como convite feito significa convite aceito, faremos o possível para dar uma esticadinha até lá para revê-los.

No dia seguinte (11/04/15) deixamos Mahahual com destino a Tulum, a cerca de 130 quilômetros de Cancún. Esse já é um destino mais badalado e procurado por turistas mexicanos e estrangeiros e como era sábado, estava lotado.

Muitos campings aqui na Riviera Maia também funcionam como “clubes” onde as pessoas pagam um ingresso para passar o dia. Por essa razão todos os lugares que passamos em Tulum estavam cheios e achamos que não seria legal montar o acampamento no meio da muvuca.

Uma das principais atrações de Tulum são as ruínas maias que ficam a beira mar e eram utilizadas como porto pelos Maias; mas como acabamos não ficando em Tulum, fica apenas uma imagem que buscamos na internet das ruínas.

Site_1296

Visitamos alguns outros campings na estrada, mas sempre o mesmo esquema de “clube”, até que chegamos a um lugar chamado Paa Mul, já muito próximo à Playa del Carmen. Aqui também se pode passar o dia, mas o esquema é bem diferente e o lugar é bem organizado (talvez seja mais caro para passar o dia).

Paa Mul é muito interessante pois funciona como um trailer park, mas muitas pessoas construíram abrigos ao redor dos trailers (muitos dos quais já foram chumbados ao chão), que mais se parecem com verdadeiras casas, com cortinas, varandas etc.

Site_1292 Site_1293

Existem alguns residentes permanentes, mas muitos trailers pertencem a norte americanos e canadenses que se refugiam aqui durante o inverno. Vimos muito carros com placas do Texas, Flórida, Idaho, British Columbia (Canadá) e até uma van de Illinois que já está por aqui há um ano e fez um jardim na área de camping.

Site_1294

Hoje (12/04/15) chegamos em Cancún. Nós havíamos planejado chegar aqui apenas no dia 14/04, mas acabamos adiantando para poder encontrar com a Katia (irmã do Dan) que veio passar as férias e o seu aniversário (16/04) em Cancún.

DCIM100GOPRO

Nos próximos dias ficaremos hospedados em um resort com todas as regalias e mordomias e faremos alguns passeios pela região.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: