Quito

Deixamos Rio Verde no dia 07/01/15 pela Ruta de las Cascadas a caminho de Quito, a capital do Equador. Ainda dormimos uma noite em Tena pois apesar das distâncias não serem tão grandes, a estrada serpenteia por vales e montanhas, o que torna a viagem muito mais longa.

No caminho conhecemos o Francisco Millingalle, um artesão local que confecciona as tradicionais máscaras equatorianas utilizadas em algumas festividades como o Carnaval e a noite de Reveillón. Como não dá para carregar tudo, nos contentamos com uma pequena máscara de tigre que será pendurada em nossa árvore de natal.

Site_0721

Chegamos em Quito no dia 08/01/15 e de cara trombamos com uma churrascaria chamada Botafogo. É lógico que a vontade de comer arroz com feijão e picanha falou mais alto e paramos para almoçar. Lá conhecemos o Richard, que nos recebeu muito bem e ficamos um tempo batendo papo com ele.

Site_0722

No dia 09/01/15 fizemos um city tour em um ônibus double deck pela cidade de Quito. O percurso de 3 horas passa pelas principais atrações turísticas de Quito, como o Jardim Botânico, a Plaza Foch, a Basílica, o El Panecillo e o teleférico. Foi muito legal, mas é impossível descer em todos as paradas; quem sabe se o ticket fosse válido por 2 ou 3 dias.

Site_0723 Site_0724 Site_0725 Site_0726 Site_0727 Site_0728

No dia 10/01/15 resolvemos explorar melhor Quito, começando pelo Teleférico, que tem uma vista privilegiada (está a 4.100 metros) de toda região metropolitana de Quito com seus mais de 2.1 milhões de habitantes, além de ser muito popular para praticantes de downhill e hiking.

Site_0729 Site_0730 Site_0731

Saindo do teleférico seguimos para o centro histórico de Quito onde passamos o resto do dia explorando as suas charmosas ruas, igrejas, museus, restaurantes e lojas. As construções do centro histórico estão super bem preservadas e como resultado, Quito é reconhecido como patrimônio cultural da humanidade pela Unesco desde 1978.

Os destaques do nosso passeio ficaram para a Basílica, o Palácio Presidencial, a Catedral, a Igreja e Convento de São Francisco, a Igreja da Companhia de Jesus, o Museu da Cidade e a Calle La Ronda. O passeio é muito agradável e super seguro, pena que não podemos ficar mais.

Site_0732 Site_0733 Site_0734 Site_0735 Site_0736 Site_0737 Site_0738

Agora é hora de seguir em frente, cruzar uma nova fronteira e explorar as belezas e riquezas culturais da Colômbia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: