Explora Atacama – porque a vida boa não é boa, é ótima!

Em San Pedro de Atacama ficamos no Hotel Explora Atacama, que é irmão do Explora Patagônia onde ficamos em nossa visita ao Parque Nacional Torres del Paine.

Site_0358

Chegamos no hotel no dia 14/11/14 de manhã para aproveitar o dia, já que o lema por aqui, da mesma forma que o Explora Patagônia, é não ficar parado. Todos os dias são oferecidas diversas opções de trekkings, cavalgadas e passeios de bicicleta com diferentes níveis de dificuldade e que podem ter a duração de meio dia ou dia inteiro. Por tudo isso, uma boa dica para quem planeja ficar em hotéis como o Explora, é chegar o mais cedo possível, pois assim você pode aproveitar o dia da sua chegada também.

Nos hotéis Explora não existe televisão e wi-fi só no lobby. Eles fazem isso para que você fique o menor tempo possível no quarto – basicamente para dormir – e possa interagir com os outros hóspedes do hotel. Em compensação tudo que você quiser (de bebidas – exceto alguns vinhos premium – a comida, snacks e lanchinhos no meio da tarde) está incluído na diária.

Site_357

Por falar em interação, logo no dia que chegamos fizemos um passeio à tarde para o Valle de la Luna, mas por causa de uma confusão, acabamos entrando em um grupo de californianos que estavam no Chile para falar sobre fontes de energia renováveis. Apesar de estarmos literalmente de penetra no passeio desse grupo, fomos muito bem recebidos por todos e, inclusive, recebemos convites para visitá-los quando chegarmos à região de San Francisco.

Site_0359 Site_0361 Site_0360

No dia seguinte (15/11/14), fizemos uma caminhada de meio dia de Guatin (um povoado de 2 habitantes – um de cada lado do riacho que corta o povoado) a cerca de 20 minutos do hotel até as Termas de Puritama, que pertencem ao Explora.

Site_0363 Site_0364 Site_0365

No período da tarde fizemos uma cavalgada muito gostosa em Las Cornisas. Essa cavalgada foi bem diferente da outra que fizemos na Patagônia, principalmente em razão da paisagem. Na Patagônia era tudo verde e tínhamos um gaúcho legítimo à frente, enquanto que no Atacama a paisagem era desértica, com dunas e montanhas.

Site_0366 Site_0367

À noite o jantar foi servido no Quincho – nome que se dá ao lugar onde são feitos os assados. Comemos cordeiro, carnes, linguiças e muitas outras coisas e ainda assistimos um show de música e dança típica – tudo muito bom.

Site_0368 Site_0371 Site_0370 Site_0369

No nosso último dia no Explora Atacama (16/11/14), fizemos uma caminhada de dia inteiro em Kulamar, situado a cerca de 2 horas do hotel a mais de 4.200 metros de altitude. Essa caminhada é muito bonita, começando em um salar e terminando em outro; e também é muito importante como parte da aclimatação para quem quer subir o Vulcão Licancabur ou fazer a travessia para a Bolivia (nosso caso).

Site_0372 Site_0374 Site_0373

Na manhã seguinte (17/11/14) fizemos o check-out do hotel, mas ainda não deixamos o Explora. Partimos com outros 2 casais e um guia rumo à Bolívia, para uma travessia de 6 dias pelo Altiplano Boliviano e o Salar Uyuni, mas isso é assunto para outro post.

2 comentários em “Explora Atacama – porque a vida boa não é boa, é ótima!

  1. Muito legal a viagem de vocês, aproveitem tudo e curtam bastante e que Deus os proteja ao longo da dessa maravilhosa viagem
    Grande abraço

    Eduardo Sokulski
    Curitiba Pr

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: