Denali National Park and Preserve

No dia 05/07/15 deixamos Anchorage sentido norte pela George Parks Highway, que liga Anchorage a Fairbanks. Nosso objetivo dessa perna da viagem era conhecer o Denali National Park, que é um dos maiores parques do EUA com mais de 24.000 quilômetros quadrados (dos 10 maiores 7 estão localizados aqui no Alasca, sendo o Denali o terceiro da lista).

Entretanto, como levamos o Godzilla para alinhar as patas antes de sair de Anchorage, acabamos passando a noite no meio do caminho e somente na manhã seguinte (06/07/15) fomos conhecer o parque. Mas valeu pois do nosso simples hotel tivemos a melhor vista das montanhas do Denali.

Site_2046

Apesar de ser enorme, o Denali National Park não pode ser explorado livremente. O acesso aos carros particulares está restrito a um trecho de 15 milhas (24 quilômetros) entre a rodovia e Savage River; dali para frente somente com autorização especial (que pode ser obtida no Wilderness Center) e utilizando um dos ônibus do parque que fazem o trajeto até Kantishna na milha 90 (km 145). Tudo isso foi feito para proteger a fauna e flora do parque e manter o Denali selvagem.

Site_2047

O ponto central do parque é o Denali ou Monte McKinley (já explicamos essa divergência do nome), que é o pico mais alto da América do Norte com 6.168 metros. Em dias de tempo aberto é possível ver o Denali de Anchorage, a mais de 380 quilômetros de distância – muito bonito.

Site_2050

Para o povo Koyukon Athabaskan o pico mais alto da América do Norte sempre foi conhecido como Dinale ou Denali (o mais alto), mas em 1896 um minerador resolver atribuir o nome McKinley em homenagem ao candidato à presidência dos EUA William McKinley. Quando da criação do parque em 1917 o nome McKinley foi reconhecido, gerando enormes protestos do povo local, tanto que o Alaska Board of Geographic Names alterou o nome para Denali (reconhecido oficialmente somente em 2015).

Controvérsias a parte, esse é um parque muito bonito, mas vimos pouca vida selvagem. Talvez a única maneira de realmente interagir com a natureza seja fazendo um dos tours organizados pelo próprio parque e que podem levar de 4 a 11 horas, com preços que variam de 70 a 165 USD por pessoa, além da entrada do parque. Talvez uma opção sejam os shuttles que levam até pontos específicos do parque, com preços entre 27 e 35 USD, mas nos contentamos com a volta que demos.

Site_2048 Site_2049 Site_2051

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: