Ruta 40 – Mendoza

Saímos de Pucón no dia 02/11/14 e retornamos à Argetina pelo mesmo Paso Fronterizo Mamuil Malal. Dessa vez, apesar de ser domingo fim de feriado prolongado no Chile, a fronteira estava super tranquila e os trâmites de imigração e aduana foram rápidos. Em menos de 20 minutos tínhamos autorização para entrar pela última vez nessa viagem em território argentino.

Nosso plano inicial era subir a Ruta 40 e ficar em Zapala, mas pouco depois de Junín de Los Andes fomos parados pela Polícia que informou que a Ruta 40 estava fechada em razão de um acidente com um caminhão causado pelo acúmulo de neve. Apesar de estarmos em novembro estava nevando bastante nessa região. O jeito foi retornar e passar a noite em Junín de Los Andes.

Site_0307 Site_0315

Na manhã seguinte (03/11/14) saímos cedo de Junín de Los Andes e seguimos direto para Chos Malal, que seria nossa parada após Zapala. Lá o tempo já estava bem melhor e fazia menos frio, então pudemos acampar. De Chos Malal seguimos no dia 04/11/14 para San Rafael, uma cidade grande já próxima a Mendoza.

Site_0309 Site_0310 Site_0308

Finalmente, no dia 05/11/14 chegamos em Mendoza – nosso último destino na Argentina – uma cidade vibrante com avenidas largas e arborizadas, praças agradáveis, cafés e muitas vinícolas (mais de 1.500 segundo o quiosque de informações turísticas). Aqui conseguimos um apartamento com quarto, sala e cozinha, que nos dá bastante liberdade e tem um aspecto de casa fora de casa. Também aproveitamos para fazer a manutenção do Godzilla, arrumar o ar condicionado, checar o óleo, reparar o parabrisa, lavar; e para fazer tudo isso contamos com a ajuda do Pablo Toto Peña, do Land Rover Club Mendoza.

Site_0313 Site_0314 Site_0311 Site_0312

No dia 07/11/14 fizemos um city tour por Mendoza em um ônibus double deck e pudemos conhecer um pouco da cidade e sua história. Esse serviço começou em 2013 e é administrado pelo Município de Mendoza. O ônibus conta com sistema de áudio em espanhol, inglês e português que dá informações sobre os pontos turísticos e históricos de Mendoza, além de um guia que dá dicas e informações complementares – muito bom!

Site_0319 Site_0321 Site_0322 Site_0320 Site_0318

Hoje (08/11/14) saímos com o Toto, sua esposa Pamela e seus dois filhos, Guadalupe e Tomas para um passeio pela região. Seguimos até o hotel Villavicencio que funcionou até meados da década de 70, mas está fechado desde então. Além do hotel, Villavicencio é famosa por sua água mineral – desde Buenos Aires temos tomado essa água e foi muito legal conhecer sua origem.

Site_0331 Site_0330 Site_0323 Site_0325 Site_0329 Site_0328

Para fechar almoçamos em um lugar muito legal, escondido na estrada de rípio que liga Villavicencio a Uspallata, mas acho que comemos tanto que ficamos meio lerdos e até deixamos um fiat 147 nos ultrapassar (incrível!).

Site_0327 Site_0326 Site_0324 (o fiat 147 indo embora!)

Esse foi um jeito incrível de fechar a nossa passagem pela Argentina. Adoramos tudo e ficamos muito felizes com os novos amigos que fizemos, mas é hora de seguir em frente…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: