Pucón

Na sexta-feira (31/10/14) de manhã saímos de San Martin de Los Andes para entrar no Chile pela penúltima vez nessa viagem. Dessa vez cruzamos a fronteira pelo Paso Fronterizo Mahuil Malal e como era feriado no Chile foi um dos mais cheios (ônibus, vans, carros, gente, malas etc.), mas com um pouco de paciência conseguimos carimbar novamente nossos passaportes (será que vamos conseguir usar todas as páginas?) e fomos liberados para seguir viagem.

Site_0286 Site_0287

O destino agora era Pucón, uma pequena e agitada cidade aos pés do vulcão Villarrica, que é considerado um dos vulcões mais ativos do Chile e faz parte de uma cadeia de 4 vulcões paralelos à Cordilheira dos Andes.

Site_0291

A cidade de Pucón é muito agradável e tudo lembra o nosso amigo Sato pois, a exemplo do que acontece no Ushuaia, tudo gira em torno do vulcão. Hostel Volcano, Bar Volcano (inclusive no formato), Parrilla Volcano, Volcano Tour etc, e mesmo sendo feriado achamos que a cidade estava bem tranquila. Muitas pousadas e hotéis estavam literalmente caçando hóspedes, mas isso não significa que os valores abaixaram…

Site_0290 Site_0288 Site_0289 Site_0284 Site_0285

Por estar muito próximo de um vulcão ativo, existem diversos avisos pela cidade com a rota de fuga e inclusive um semáforo de alerta de atividade vulcânica (curioso). A regra é simples, verde significa que o vulcão está ativo, mas está tudo bem; amarelo significa que a diversão está garantida com o chão tremendo e um pouco de lava; e vermelho significa mulheres e crianças primeiro…

Site_0283

Mas mesmo com esse “perigo” Pucón é um destino muito procurado por pessoas de todas idades, famílias, grupos de trekkers e amantes de rafting que curtem as termas, caminhadas pelos parques ou até a cratera do vulcão Villarrica e animados passeios de bote pelas corredeiras do rio Trancura. Nós optamos por não subir o Vulcão Villarrica, mas também não ficamos no chabu chabu das termas.

Hoje (01/11/14 – Dia de Los Muertos) fizemos uma caminhada bem puxada pela Reserva Cañi; uma reserva privada que tem lagos, neve (muita neve), araucárias e um mirante no alto da montanha, a aproximadamente 1550 metros de altura, de onde se pode ver todo o vale, a cidade de Pucón e o vulcão Villarrica – que estava totalmente encoberto pela nuvens. Em dias de tempo bom também é possível ver os outros 3 vulcões que estão alinhados com o Villarrica.

Site_0292 Site_0293 Site_0294 Site_0296

Para fechar nossa passagem por Pucón, encontramos a avó do Godzilla, mas acho que ela já viu dias melhores…

Site_0295

Um comentário em “Pucón

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: