Hiroshima – 1945年8月6日午前8時15分

O título desse post é, provavelmente, uma das datas mais tristes e mais lembradas da história japonesa. No dia 6 de agosto de 1945, às 8h15 da manhã, o bombardeiro norte americano B-29 Enola Gay lançou a bomba nuclear Little Boy sobre a cidade de Hiroshima, que na época tinha cerca de 350 mil habitantes.

Site_2609

A-Bomb Dome

A explosão tirou imediatamente a vida de 80 mil pessoas, mas até o final do ano de 1945 o número de vítimas havia subido para 140 mil em decorrência dos ferimentos e da exposição à radiação. Até hoje, 70 anos depois, alguns sobreviventes sofrem com os efeitos da bomba, tornando praticamente impossível precisar o exato número de mortes causadas pela bomba.

Site_2618 Site_2619 Site_2615

Três dias depois, no dia 9 de agosto de 1945, outra cidade japonesa, Nagasaki, foi alvo de uma bomba atômica lançada pelos norte americanos, que resultou na morte de aproximadamente 80 mil pessoas. Essas duas bombas, além da declaração de guerra da Rússia contra o Japão também no dia 9 de agosto de 1945, resultaram na rendição do Japão na Segunda Guerra Mundial.

Hoje, no local próximo ao epicentro da explosão está localizado o Memorial da Paz de Hiroshima, um parque muito bonito com vários monumentos dedicados às vítimas da bomba atômica. Nesse parque também estão localizadas as ruínas de um prédio conhecido com o Domo da Bomba Atômica (foto acima) declarado Patrimônio da Humanidade pela Unesco em 1996, além de um museu com uma exibição permanente sobre a bomba.

Site_2617 Site_2612 Site_2613 Site_2614 Site_2616

Apesar dessa trágica história, a Cidade de Hiroshima se recuperou e hoje é um centro urbano vibrante e agitado com cerca de 1.2 milhão de habitantes; então, não vamos contar a história sobre as mortes e sim falar sobre vida e paz.

Nós chegamos em Hiroshima na tarde do dia 24/09/15 após um voo de 2 horas desde Naha, Okinawa. A noite fomos dar uma volta rápida perto do hotel e provar o Okomiyaki de Hiroshima que é preparado na sua frente em uma enorme chapa – delicioso!

Site_2610 Site_2608 Site_2607 Site_2605 Site_2606

Na manhã seguinte (25/09/15) saímos cedo do hotel e fomos para a ilha sagrada de Miyajima, onde está localizado o bonito Templo Xintoísta de Itsukushima, que foi declarado Patrimônio da Humanidade pela Unesco em 1996. No caminho ainda passamos pelo Castelo de Hiroshima, que foi construído originalmente em 1590, mas não paramos para ver o museu que conta a história do período Edo, então fica apenas um registro do exterior do Castelo.

Site_2604

Voltando ao Templo de Itsukushima, ele foi construído originalmente em 593 D.C. e reconstruído por Taira-no-Kiyomori em 1168, quando adquiriu as formas e escalas atuais. Até hoje o Templo está em atividade e em nosso passeio pudemos ver alguns monges e pessoas fazendo suas orações nos diversos oratórios espalhados pelo templo; também vimos um casal de noivos que chegava para celebrar a sua união lá.

Site_2620 Site_2623 Site_2624 Site_2625 Site_2626 Site_2627 Site_2628 Site_2629 Site_2630 Site_2622 Site_2631

Um dos símbolos mais reconhecidos desse templo é o enorme Torii (portal) que fica bem em frente, mas como o templo foi construído na beira do Mar Interior, durante a maré alta o torii fica dentro da água. Por conta da localização única, esse Torii foi reconstruído várias vezes desde a construção do templo, sendo o atual datado de 1875 – muito legal!

Site_2611 Site_2621 Site_2632

Saindo do templo de Itsukushima retornamos a Hiroshima para visitar o Memorial da Paz e de lá seguimos para a estação de Shinkansen (trem bala – quase tão rápido quanto o Godzilla) que nos levaria até Kyoto, mas esse já é assunto para o próximo post. Nossa passagem por Hiroshima foi muito rápida, mas intensa; acho que valeria a pena ficar mais uma noite por aqui para andar com calma pelo centro da cidade, conhecer o castelo de Hiroshima e visitar outros pontos turísticos da cidade, mas fica para uma próxima.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: